Nossos safáris no Kapama Private Game Reserve |Southern Camp

Como é o safári no Kapama Private Game Reserve?

Quem sonha em aterrissar no continente africano certamente já se imaginou sentado em um jipe, vestindo trajes em tons de bege e verde musgo segurando um belo par de binóculos enquanto avista uma manada de elefantes em meio a savana….Mas será que é assim mesmo?

O Kapama Game Reserve é uma das dezenas de reservas privadas que estão situadas nas bordas do grande parque Kruger. A reserva está localizada na Província de Limpopo, próximo ao Eastgate Airport.  Ao longo dos seus 130 km² encontram-se os Big Five: o búfalo, o elefante, o rinoceronte, o leão e o leopardo. Todo o perímetro do Kapama é cercado.

O termo Big Five era originalmente empregado nos safáris de caça para referenciar os cinco animais mais perigosos para serem caçados nas savanas africanas e não os maiores como muitos pensam. Esses animais foram assim denominados pelo fato de representarem uma ameaça a vida do caçador, já que frequentemente eles (os animais) os confrontavam. Hoje este termo é empregado puramente com a finalidade de marketing para promover os safáris fotográficos, sendo o principal objetivo de um game, encontrá-los. Mas a experiência de um safári vai muito além dos big five

Dentro da reserva você pode se hospedar em um dos quatro luxuosos lodges: Kapama Karula ( o mais luxuoso), Kapama River Lodge (o maior e mais popular), Kapama Bufallo Camp (o mais rústico)e o Southern Camp, o mais recente dos quatro. Além dos lodges, a reserva possui um maravilhoso SPA, o Kapama Wellness Centre que fica ao lado do Kapama River Lodge.

Hospedando-se no Kapama Southern Camp:

Reservamos aqui no Brasil um pacote de três dias no Kapama Southern Camp. A reserva foi feita sem complicações pelo site do Kapama. A maior dificuldade foi conseguir vaga. Com três meses de antecedência só encontramos disponibilidade, dentro do nosso orçamento, para o Southern Camp, que não seria nossa escolha inicial, e ainda assim precisamos modificar todo o nosso roteiro em função das datas disponíveis. Portanto fica a dica: reserve com antecedência e reserve primeiro o seu safári para depois montar o restante do roteiro. O pacote, em regime all inclusive, incluía dois safáris diários e safáris a pé pela savana. As bebidas ficam por fora!

Saímos de Hazyview com destino a Hoedspruit para deixar nosso carro na base aérea de Eastgate, o aeroporto mais próximo desta reserva, o qual já mencionei aqui no blog. De frente para os portões do Eastgate está um dos portões de acesso ao Kapama.

No último post sobre a rota panorâmica falei que nos perdermos e fomos parados pela polícia na estrada, certo? Toda essa aventura nos custou um atraso de duas horas. Mas apesar disso, consegui manter contato com o Kapama e avisei sobre o nosso sufoco. Eles foram excepcionais no atendimento e mantiveram um guia aguardando por nós no aeroporto. Nos encontramos com o guia por volta das 16h (nosso horário do transfer para a reserva era as 14h!).

Na estrada, nada te indica que você se aproxima de um aeroporto a não ser por uma placa. O Eastgate ou Hoedspruit Airport não era muito maior que um posto de gasolina! Ao entrar no aeroporto antes do acesso ao embarque, há uma casa de câmbio e um posto da Hertz onde devolvemos o carro. Entramos na van e atravessamos a rua. Os guardas que vigiam os portões da reserva o abriram e de repente entramos em mundo completamente novo…

Babuínos atravessam a estrada em frente ao portão de acesso ao Eastgate Airport
Babuínos atravessam a estrada em frente ao portão de acesso ao Eastgate Airport

Dirigimos vagarosamente por estradas de terra cercadas por um vegetação arbustiva semi seca, por conta do inverno recém-passado. Um silêncio interrompido apenas pelo rolar das rodas e pelo canto das aves. Por alguns segundos achei que havia retornado a um passado distante onde a natureza e a vida selvagem eram soberanas.

Após dez minutos e depois de passarmos por alguns antílopes, chegamos ao Southern Camp. A propriedade, cuja arquitetura e decoração se harmonizam com o entorno selvagem, é “cercada por cercas” eletrificadas. A entrada principal é protegida por um tipo de mata burros – um dispositivo comumente encontrado em fazendas para impedir a fuga do gado para além dos limites das propriedades.  Aqui os estrados no chão são eletrificados e impedem que os animais se aproximem do Lodge.

Kapama_Southern_Camp_entrada
Acesso ao Lodge Southern Camp

Fomos recebidos com um welcome drink e agraciados com um upgrade em nosso quarto. Enquanto conhecíamos as instalações perguntei a “moça”: -“onde fica a piscina?” Ela me respondeu:”- no seu quarto!”. O QUEEEEEEÊ??? Eu ainda perguntei mais  três vezes para saber se a moça tinha certeza daquilo. Mas vc tem ceeerrteezzaaaa que este é o nosso quarto?

Me parece que esta é uma prática comum do Kapama, visto que não fomos os únicos. As duas acomodações luxo para famílias que não haviam sido reservadas foram cedidas para dois casais que reservaram as suítes mais econômicas. E nós fomos agraciados com esse brinde!

Incrédulos, entramos em nossa casa de savana – muito maior que nosso próprio apartamento – com dois quartos, dois banheiros e duas banheiras, lareira, sacada, deck externo com chuveiro e uma piscina particular. Próxima a nossa piscina, uma família de Javalis pastava sem pressa. Creio que nunca em minha vida ficarei em um quarto tão luxuoso.

Nosso quarto no Kamapa Southern Camp
Nosso quarto no Kamapa Southern Camp
IMG_4254
Lareira separa o quarto principal de um dos banheiros

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park
Os fundos dos quartos dão para uma mata onde os hóspedes não circulam. Muros separam um quarto do outro garantindo a privacidade.
Southern Camp
Piscina particular da acomodação luxo família

Southern Camp

Apesar de todo o luxo, não vá ao Kapama pensando muito em civilização. Havia somente uma televisão em um dos quartos conectada a um videogame para os hospedes infantis, nada mais. Mas também, queremos mais o quê????!

A dinâmica do safári no Kapama Game Reserve:

Nosso primeiro safári partiria por volta das 17:30. Fomos conduzidos a um lounge da reserva onde era servido um lanche com quitutes, sucos e cafés. Ali se reuniam os hóspedes e os rangers, quase todos trajando bege…

No Kapama cada hóspede recebe um ranger e cada ranger toma conta de até seis hóspedes aproximadamente.  O ranger, profissional capacitado e certificado, é o seu guia e a sua referência. É ele quem dirige e comanda seu safári, reserva seus outros passeios e te acompanha no safári a pé. Era ele também quem nos acordava por volta das 5:20 da manhã e era com ele que dividíamos a mesa durante as refeições.

Além de expert em savana, os rangers são verdadeiros contadores de história – ótimas histórias e casos envolvendo vida selvagem e a vida profissional como guias de safári. E o melhor é que eles adoram nos contar suas experiências e curiosidades sobre aquele lugar e sobre os animais.

Além do ranger, o jipe conta com a ilustre e corajosa presença do tracker. Este é o cara que viaja sentado em um assento que fica pendurado para fora do jipe, em sua parte frontal esquerda. Enquanto o ranger conversa conosco e se comunica freneticamente via rádio com outros jipes para saber onde os animais estão, o tracker funciona como um radar humano; ele rastreia as pegadas no chão, busca vestígios e varre a mata com os olhos de dia e com a lanterna durante a noite, sempre tentando localizar os animais.

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

Segundo o nosso ranger, eles (rangers) dividem a reserva em quatro grandes áreas, de modo que os jipes de todos lodges se distribuem por estas áreas. No rádio eles só se comunicam com os jipes que estão na mesma área. Em geral, quando um grande animal era visto não paravam mais que três jipes próximos a ele ou ao grupo. Passados alguns minutos, suficientes para as fotografias, cada jipe seguia por uma rota distinta de forma que eventualmente é que cruzávamos com outro carro.

Se preciso fosse, nosso ranger e tracker desciam do jipe para verificar carcaças abandonadas ou verificar pegadas para saber por onde seguiríamos. (Pode até ser que isso faça parte do show, mas certamente um show que vale ser visto!)

É com esse sistema todo personalizado que os safáris no Kapama tornam quase certo o encontro com os big five. Nosso ranger não sossegou até que tivéssemos visto todos os animais. Em nosso último safári nós até escolhemos o que preferíamos tentar localizar.

Nosso primeiro safári durou cerca de três horas. Além de antílopes, cruzamos com girafas e zebras. Em uma estrada de terra, a curta distância de um lago, encontramos com um grupo de jovens leões descansando ao pôr do sol com suas barrigas cheias e seus pelos ainda sujos de sangue. Ficamos por ali algum tempo até que em algum lugar distante uma leoa rugia.  Logo os cincos jovens leões se levantaram um a um e, rugindo, passaram por nosso jipe para então seguir mata adentro. Segundos após, um outro jipe se aproximou. Mas para eles já era tarde demais….

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

O sol já estava quase dando lugar a lua quando nosso ranger saiu da estrada, entrou na mata e encostou próximo a uma árvore. Lá em cima, um lindo leopardo descansava. Acordou com o som do jipe se aproximando. Meu impulso quase instantâneo me fez levantar do assento…tomei minha primeira bronca e voltei a me sentar silenciosamente.

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

As regras para o safári são poucas e nos foram passadas lá no lounge antes de partirmos: tomar cuidado e estar atento aos galhos das árvores que deveríamos driblar com o corpo se necessário; não falar muito e usar tom baixo de voz; não se levantar e nem fazer movimentos bruscos; entender que quando fosse a hora de partir, partiríamos.

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park

Todos os safáris no Kapama contam com um intervalo para um rápido lanche. No meio da noite estacionamos próximo a um lago. Iluminados pelo farol alto do jipe,  descemos e nos reunimos próximo a uma mesinha de ferro onde foram dispostos alguns snacks e uma dezena de bebidas alcoólicas em miniaturas, dentre elas amarulas, whisky, vodka, vinho…Acho que tinha água e refrigerante…não me lembro ao certo. No frio que fazia a noite, só queríamos nos aquecer e bem rápido….( descobrimos depois dos quatro safáris que estas bebidas seriam cobradas!!rs). Depois do lanche, dirigimos pela savana às escuras e não vimos mais nada por quase uma hora. Retornamos ao lodge….

Leia a continuação: Como é fazer um safári no Kapama Game Reserve – Parte 2

Safári no Kapama Game Reserve Kruger Park
Nos safáris matinais eles oferecem café e chocolate quente no lugar dos drinks.

 

 

De Johannesburg ao Kruger Park de carro: pit stop em Hazyview

Passeio de Balão de ar quente: um must do!

Mergulho com Tubarão Branco em Cape Town: tudo o que você precisa saber!

 

Quer acompanhar as nossas postagens sobre a África do Sul? Então nos acompanhe pelas redes sociais:

11 comentários em “Nossos safáris no Kapama Private Game Reserve |Southern Camp

  1. Realmente inspirador !!!! Vi que os quartos possuem video game para as crianças, mas vc acha que um safari em que precisa falar em tom baixo e desviar de galhos de árvore é tranquilo para a galerinha? A partir de quantos anos vc acha q um safari, neste estilo, é bacana para uma criança ir????
    Desejando muito ir com o meu pequeno.
    Beijocas
    Li

    Curtir

  2. Para tudo! Que delícia de passeio! Brindados ainda com essa super, master suíte luxury!!!! Parece filme…. Adorei. Tenho uma amiga muito querida que mora por aí e vive rasgando elogios a essa terra! Você me convenceu mais ainda. Adorei.

    Curtir

  3. Nossa, tá aí algo que eu não morro sem fazer! Está na minha lista permanente de desejos nessa vida e só estou esperando as meninas crescerem um pouco mais para a gente se aventurar. Adorei!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s