As dez melhores coisas pra fazer na Cidade do Cabo: continuação

No post anterior nós resumimos as cinco melhores coisas que fizemos na Cidade do Cabo :

  • Passar um dia ou uma tarde no V&A Waterfront
  • Dirigir e assistir ao pôr do sol na rota cênica Chapman’s Peak Drive
  • Mergulhar com as focas em Duiker Island ( Seal Snorkeling )
  • Mergulhar em gaiola para avistar tubarões brancos ( Shark Cage Diving)
  • Conhecer o Cabo da Boa Esperança

Na continuação do artigo, elencamos os outro cinco passeios imperdíveis completando o nosso TOP 10 na Cidade do Cabo!

AS DEZ MELHORES COISAS PRA FAZER NA CIDADE DO CABO – PARTE 1

6. Visitar Boulders Beach em Simon´s Town e conhecer a praia dos pinguins

No caminho até o Cabo da Boa Esperança muito provavelmente o seu tour (se você estiver com uma excursão) irá parar na praia Boulders Beach em Simon´s Town. É lá que vive uma enorme colônia de pinguins africanos, espécie atualmente ameaçada.

O barato de ir até lá é poder ver centenas dessas simpáticas aves em seu habitat natural e bem de pertinho. Muito embora você não possa caminhar pelo trecho de areia onde eles se encontram, é possível chegar bem pertinho de muitos deles.

Mas Boulders Beach é mais que uma praia com pinguins, é uma bela enseada com um curto trecho de areia branca e mar bem calmo cercado por grandes pedras. A praia é frequentada por banhistas, em geral famílias.

Definitivamente no verão deve ser um ótimo lugar para um banho de mar para quem está com tempo sobrando na Cidade do Cabo.

Leia mais sobre a Praia dos Pinguins: CABO DA BOA ESPERANÇA E A PRAIA DOS PINGUINS: DIRIGINDO PELA CIDADE DO CABO

Boulders Beach Deck
Em Boulders Beach, uma trilha construída com decks de madeira te leva até a pequena enseada onde a colônia vive.
Pinguins Cidade do Cabo 2
Mas eles estão por toda a parte: na areia, nas rochas ao lado do deck, na água e no mato abaixo e ao lado da trilha.
Pinguins em Boulders Beach
Pinguins na água nadam livremente….Nada os impede de nadar para o trecho dos banhistas. Mas há placas lembrando ser proibido alimentar ou pegar os animais.
Boulders Beach Pinguins
É permitido se banhar nesse trecho mediante pagamento de uma taxa de conservação. Apesar da água beeeemm gelada havia famílias tomando sol e se banhando.
Pinguim
As aves se aproximam das cercas de madeira que delimitam a trilha e tem muita gente que se arrisca a interagir, mas os animais são ariscos!
Placa em Boulders Beach
Fala sério! As melhores placas você encontra na África!
Boulders Beach
Dispensa comentários!!rs…

7. Subir até a Table Mountain ( Montanha da Mesa)

A Montanha da Mesa está para a Cidade do Cabo assim como o Pão de Açúcar está para o Rio de Janeiro. O principal meio de acesso também é um bondinho. Portanto, não importa quanto tempo se fique na Cidade do Cabo, não dá pra sair da cidade sem ter a oportunidade de ver a magnífica vista 360º. Mas o tempo nem sempre estará a seu favor. A dica para passeios dependentes do clima é sempre fazê-lo tão logo o céu estiver livre de nuvens, de preferência com um belo sol.

A Montanha da Mesa é uma das novas sete maravilhas da natureza e oferece uma variedade de atividades que incluem trilhas a pé ou de bike, escalada e rapel. O tempo a ser reservado para curtir a montanha depende do que você quer fazer lá em cima e de como você irá subir. Se fizeres como nós e como a maioria que pega o bondinho e chegar cedo pela manhã, é provável que até o meio dia já tenha dado tempo suficiente para percorrer o cume e fazer algumas curtas trilhas que levam a fantásticos pontos de observação.

Para chegar de carro na base é tranquilo. Em geral dá para estacionar às margens da serrinha que antecede a bilheteria, mas quanto mais tarde você for, mais longe você irá parar o carro e mais terá que subir a pé ( é sério gente e é cansativo!). Como alternativa para quem não está ou não quer ir de carro, existe um translado gratuito que parte do V&A Waterfront. ônibus Hop on Hop off  da cidade, também tem desembarque na bilheteria da Table Mountain.

A bilheteria é concorrida, mas as filas andaram bem rápido. Talvez o melhor seja comprar seus bilhetes pela web para pegar uma fila preferencial. Você pode comprar o seu ticket online neste site.

Bondinho Table Mountain
Bondinhos giratórios fazem a íngreme subida e descida do cume da Table Mountain.
Rapel na Table Mountain
Lá de cima a vista é fantástica. No canto da foto a colina Lion´s Head foi assim denominada por sua forma que lembra a cabeça e a juba de um leão.
Table Mountain Cape Town
Vista para a orla marítima da Cidade do Cabo. Na foto as praias de Clifton e Camps Bay, a baía Hout Bay e um trecho da Chapman’s Peak Drive…
Table Mountain Cape Town
As escarpas que formam os “Doze Apóstolos” na montanha…( Confesso que essa denominação até hoje não faz sentido pra mim…)
IMG_4779
No topo existem algumas trilhas para percorrer. Todas são sinalizadas e levam a mirantes ou pontos estratégicos. Apesar da rusticidade, no topo da montanha da mesa existe um restaurante e uma gift shop.
Table Mountain
Na Table Mountain também tem vida selvagem e fofa! 🙂
IMG_4727
Face voltada para o centro da Cidade do Cabo
IMG_4808
Vista panorâmica da região central da cidade.

8. Dirigir pela Beach Road para apreciar a orla marítima do cabo

A Cidade do Cabo tem belas praias que também são ótimas para banho, mas a água estava super gelada no início de outubro.

A orla é bastante charmosa, e durante o percurso, você aprecia não apenas o mar como também as belas montanhas esculpidas majestosamente pela natureza, como  as colinas Signal Hill e Lion´s Head, e a Table Mountain.

Se for dirigir pelo trecho da orla e não quiseres tomar banho de mar, recomendo fazê-lo no final do dia para contemplar o pôr do sol. A rota liga o bairro Green Point a Camps Bay. Esta última é uma espécie de balneário turístico que reúne várias lojinhas, restaurantes e bares à beira mar. Um belo lugar para terminar o dia!

Orla de Camps Bay na Cidade do Cabo
Orla de Camps Bay na Cidade do Cabo

9. Fazer a rota dos vinhos em Cape Winelands

Se tem uma coisa que nós a-d-o-r-a-m-o-s é tomar um bom vinho, embora muito pouco saibamos sobre esta arte! Já tivemos a oportunidade de visitar várias vinícolas no Brasil e fora dele e com isso descobrimos que duas coisas quase elas têm em comum (além de produzir vinho né…): as propriedades costumam ser lindas e os vales de vinhedos são sempre uma paisagem exuberante. Claro que na África do Sul não seria diferente…

Cape Dutch Architecture
As vinícolas em Cape Winelands tem um charme a mais: a arquitetura histórica colonial que é conhecida como Cape Dutch architecture.

A região de Cape Winelands oferece diversas rotas de vinhos e mais de uma centena de vinícolas, sendo um prato cheio para qualquer amante do enoturismo. As principais vinícolas estão nas históricas cidades de Stellenbosch, Franschhoek e Paarl. E foi para esta região em Cape Winelands que dirigimos duas vezes.

O tempo aqui fica a gosto do freguês já que você pode explorar a região em um dia ou uma semana e ainda assim não terás conhecido tudo!

As estradas estão em excelente estado e a região fica a cerca de uma hora de distância da Cidade do Cabo.

Quem não quiser ir tão distante ou estiver com o tempo curto, pode visitar as vinícolas mais próximas da cidade, na região de Constantia ValleyIr de carro ou contratar um tour para a vinícola mais antiga da África do Sul, a Groot Constantia, é super simples!

Le Petit Ferme
O restaurante Le Petite Ferme tem uma vista linda e serena para o Franschhoek valley.
Restaurante de Nederburg
Na vinícola Nederburg , na mansão principal, tem um bistrô maravilhoso com vista para as parreiras. A construção é de 1800. Na propriedade além das belas construções, há jardins bucólicos com esquilos e uma tranquilidade sem fim! Amamos!
Nederburg
Nederburg está situada em Paarl. Vale muito a pena a visita. Na degustação a escolha é sua! Sem miserê! A degustação pode ser acompanhada por uma tábua de queijos!
Tokara 2
Visual da Tokara em Stellenbosch! A casa é também reconhecida por sua produção de azeites e balsâmicos que também podem ser degustados! Lá também funciona um restaurante e uma delicatessen.
La Motte
A La Motte também fica no vale Franschhoek. Aqui você também escolhe do cardápio a série que irá degustar. A sala de degustação é um luxo com sofás e mesas super aconchegantes! A propriedade oferece outras atividades, mas só pelo visual dos seus jardins e pela qualidade dos vinhos já vale a pena mesmo se estiver com pouco tempo!

10. Visitar um verdadeiro santuário de Leões: O Drakenstein Lion Park

IMG_5667
Entrada do parque. Não é difícil chegar lá com waze ou GPS. Além disso haverá placas sinalizando a acesso quando ele estiver próximo.

Após alguns dias na Cidade do Cabo já estávamos com saudades de ver leões. Se você leu todos os posts da nossa viagem a África, já sabe que vimos muitos em muitos dias né….

O Drakenstein Lion Park é um verdadeiro santuário de leões e eu não poderia deixar de destacar esse o trabalho lindo que eles fazem.

Esqueça safáris em fazendas ou berçários de bebês leões, o Drakenstein é um abrigo para leões resgatados de maus tratos, zoológicos e circos de todas as partes do mundo. Durante a visita, especialmente no horário das refeições, é possível ver todas as dezenas de leões ( são muitos mesmo!) bem de perto, através das cercas elétricas.

O melhor é que esse passeio pode ser feito conjugado com uma manhã ou tarde de visitas às vinícolas, e desse modo, agrada-se aos adultos e às crianças.

Para nós, esse que foi nosso último passeio na Cidade do Cabo, não poderia ter sido uma forma melhor de encerrar uma viagem tão memorável!

IMG_5662
O Drakenstein Lion Park fica próximo a Paarl . Após o almoço tardio nos dirigimos para o parque por uma estrada cinematográfica. Chegamos ao parque por volta das 15:30, meia hora antes do horário em que os felinos são alimentados em público, e este era o nosso propósito.Da Vinícola Nederburg até o parque são apenas 15 minutos de carro, sendo uma boa conjugar os dois passeios para satisfazer interesses diversos dos seus companheiros de viagem.

Drakenstein 1
A pequena recepção do santuário funciona como lanchonete e gift shop. Tudo bem simples.

Lions Drakenstein Lion Park

Leão com sequelas em Drakenstein

Leao no Drakenstein

Leão Branco Drakenstein

Drakenstein Lion Park 2

Tigre no Drakenstein

Leões Brancos Drakenstein Lion Park

Então esses foram os dez melhores passeios que fizemos e que recomendamos muito! Espero que tenham gostado do resumo e qualquer dúvida ou informação que desejarem estaremos à disposição pra ajudar!!!

Até a próxima!

9

Johannesburg: O famoso Lion Park e algumas verdades…

Fósseis humanos e cavernas em Cradle of Humankind: o berço da humanidade na África do Sul

As dez melhores coisas pra fazer na Cidade do Cabo – Parte 1

6 comentários em “As dez melhores coisas pra fazer na Cidade do Cabo: continuação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s