Castelos da Inglaterra: a história da sombria Torre de Londres ( o melhor passeio da cidade)

tower-of-london-948978_1920

Curiosidades e Dicas do que fazer na Torre de Londres, o melhor passeio da cidade

Visita obrigatória para quem vai a Londres, a Torre de Londres ( The Tower of London ) não é exatamente uma torre e sim um verdadeiro complexo medieval que dá asas a nossa imaginação e nos permite uma viagem inesquecível até séculos e séculos atrás…

Coladinha na Tower Bridge e às margens do Rio Tâmisa, uma viagem até a Inglaterra não estará completa se você não der um pulinho nesse reduto turístico, que foi declarado patrimônio mundial pela UNESCO por sua importância histórica e por ser até hoje uma das grandes referências da arquitetura medieval militar do final do século 11.

Para nós foi indiscutivelmente o melhor passeio que fizemos em Londres. 

Então senta que lá vem história…( As dicas do passeio estão lá no final da página 😉 )

 

 

Uma construção que durou séculos….literalmente

A Torre de Londres começou a ser construída por volta do ano 1070 por Guilherme, o Conquistador, pouco tempo após ter tomada o trono da Inglaterra.

Guilherme não perdeu tempo e para assegurar o seu reinado, comandou a construção de vários castelos e fortificações, dentre elas a Torre Branca, primeiro edifício da Torre de Londres. Construída tanto para proteger como para controlar os acessos à capital, a fortificação era também um símbolo do poder normando no século 11.

A Torre de Londres é até hoje o principal símbolo da última conquista militar da Inglaterra e é um exemplo perfeito do estilo de construção normando, na época considerando bastante inovador e sofisticado. A construção normanda original, a Torre Branca, era imensa para os padrões da época. Tinha 27,5 metros de altura e podia ser vista a milhas de distância. A torre era protegida por muralhas romanas com mais de 3 metros de altura e cercada por um grande fosso, drenado séculos mais tarde. A construção normanda só foi finalizada lá para meados de 1100!!

Apesar de até hoje a Torre Branca se destacar no complexo, a maior parte da fortaleza foi construída ao longo dos séculos seguintes por outros monarcas. Várias outras torres foram adicionadas do final do século 13 até o século 16, transformando a Torre em um dos mais influentes castelos da Europa por centenas de anos. Mas boa parte do que é possível ver hoje é graças a reformas ocorridas no século 19 que restauraram boa parte do complexo medieval.

Torre Branca
A torre branca construída pelos normandos, reformada séculos mais tarde. Fonte: pixabay.

 

castelos da inglaterra torre de londres
Um dos acessos frontais da fortificação que no passado era protegida por um fosso cheio de água.

…E serviu de fortaleza, palácio, prisão e até zoológico….

Se lá nos primórdios a Torre de Londres foi construída para ser uma fortaleza para proteger e controlar, durante a sua história os monarcas foram além e a utilizaram de diferentes formas , mas  sempre a Torre de Londres ocupou um papel protagonista na história britânica.

A Torre de Londres não foi utilizada somente com propósitos militares e chegou a ser usada como residência real. Curiosamente seus hóspedes mais inusitados foram os animais que eram dados de presente aos monarcas. Lá para o ano de 1200, estima-se que tenham chegado os primeiros leões, trazidos para entreter a corte. Nos anos seguintes, chegaram leopardos, macacos, elefantes e até mesmo um urso polar, que deu o que falar na história da Torre. No final do século 19 o castelo chegou a hospedar mais de 200 animais selvagens e visitá-los era uma atração bastante popular na época. Somente em 1832 é que os bichinhos foram removidos em definitivo da Torre.

O complexo não apenas abrigou monarcas e animais, mas serviu como um importante repositório de documentos e bens da coroa.  Até hoje, é na Torre de Londres que encontramos as jóias da família real, dentre elas as mais variadas e preciosas coroas de Reis e Rainhas. As Jóias da Coroa estão expostas para visitação.

castelos da inglaterra torre de londres2
De dentro do complexo, ao olhar para os outros visitantes é que nos damos conta do século em que estamos!

 

castelos da inglaterra torre de londres3
Em diferentes pontos do complexo existem esculturas dos animais que um dia habitaram a Torre.

…Mas seu passado é sombrio…

Certamente a faceta mais famosa do castelo relaciona-se com os tempos em que ela foi utilizada como prisão e local de execuções.

Por centenas de anos pessoas foram aprisionadas no complexo: prisioneiros de guerra, traidores, nobres, príncipes e princesas, reis e rainhas. Mas foi durante o Reinado de Henrique VIII, na Dinastia Tudor, que a Torre de Londres passou a ser frequentemente a sede para as sessões de torturas. O famoso Rei após romper com a Igreja Católica e estabelecer a Igreja Anglicana, aprisionou e torturou dezenas de pessoas. Não bastassem as torturas, a Torre foi palco de execuções de membros do clero e da nobreza, acusados de traição ou por simplesmente representarem uma suposta ameaça ao trono. Naquela época nem mesmo as rainhas ficaram de fora. Na verdade ser executado na Torre de Londres era um privilégio reservado para poucos. Foi lá que Henrique VIII aprisionou e executou duas de suas rainhas: Ana Bolena e Catarina Howard. Nos reinados subsequentes dos seus filhos Eduardo VI, Maria e Elisabeth I, a cultura da tortura e da execução continuou firme e forte na Torre.

Mesmo após a idade medieval, Torre de Londres continuou servindo de prisão, tendo recebido prisioneiros da primeira e da segunda guerra mundial. Durante a Primeira Guerra Mundial, 11 espiões alemães ficaram confinados ali e depois foram executados. Já na Segunda Guerra, outros prisioneiros foram detidos. A última vítima executada na Torre foi o espião Joseph Jakobs, fuzilado em agosto de 1941.

…E o castelo é mal-assombrado…

Talvez por sua história notoriamente sangrenta, a Torre de Londres é até hoje considerada um dos locais mais mal-assombrados da Inglaterra.

Não bastasse a quantidade de gente que foi encarcerada e torturada por ali, centenas de pessoas foram executadas bem próximas das muralhas do Castelo, na Tower Hill, local das execuções públicas.  Dentro da Torre de Londres, as pessoas costumavam ser decapitadas na Tower Green. Aproximadamente dez pessoas foram executadas de forma mais privativa na Torre de Londres. Logo, não é de se estranhar a vibe desse local…

Fato é que há anos existem relatos de fantasmas e de barulhos estranhos nas torres do complexo. O fantasma de Ana Bolena, por exemplo, tem sido visto caminhando sem sua cabeça por várias partes da Torre de Londres; Lady Salisbury, uma nobre que tentou escapar da sua decapitação, já foi vista algumas vezes na data de sua morte ainda correndo do seu algoz; a Rainha decapitada Lady Jane Gray também já deu as caras algumas vezes; Vultos de dois pequenos príncipes que desapareceram misteriosamente da Bloody Tower ( Torre Sangrenta ) também estão entre as aparições. Mas com sorte, o máximo que você vai ter, serão os gritos que dizem ser dos prisioneiros que foram torturados na Torre…./O\

castelos da inglaterra torre de londres10
Os corvos que habitam a torre caminham tranquilamente próximo a Tower Green. Ninguém sabe exatamente quando ou de onde vieram, mas reza a lenda que o reino cairá se os corvos deixarem a Torre…:/

 

castelos da inglaterra torre de londres7
A casa da Rainha, the Queen’s House, é uma das partes mais belas. Localizada de frente para a área verde, Tower Green, a arquitetura (restaurada) destoa um pouco do restante do complexo e é um estilo de construção que marcou o período da dinastia Tudor. Estima-se que estes aposentos tenham sido construídos por volta de 1540. Não é permitido entrar!

 

SW-Corner-near
Olhando assim, você nem imagina que este é um dos locais mal assombrados da Torre de Londres. Fonte: http://patrickbaty.co.uk

Então o que fazer na Torre de Londres?

Já deu para ver que este Castelo Medieval tem muita história para apresentar né? É por isso que para conhece-lo é preciso reservar no mínimo uma manhã ou tarde, no mínimo mesmo, pois na Torre de Londres a gente perde facilmente a noção do tempo, em todos os sentidos! Então agora deixamos as nossas dicas do que não perder durante a visita a Torre de Londres.

  1. A Torre Branca – White Tower

A Torre Branca fica no centro do complexo e é o must see da Torre de Londres. Se tiver pouco tempo, vale correr direto para lá. Este é o principal edifício da Torre de Londres, originalmente construída pelos Normandos. Acredita-se que era no seu porão que as sessões de torturas aconteciam.

No interior da Torre Branca existe uma exposição bem bacana da linhagem real e uma coleção de armaduras e armas medievais.

A Torre Branca é tombada pela UNESCO conforme dito no início deste artigo por ter atendido a dois critérios:
(ii) mostrar um intercâmbio importante de valores humanos, durante um determinado tempo ou em uma área cultural do mundo, no desenvolvimento da arquitetura ou tecnologia, das artes monumentais, do planejamento urbano ou do desenho de paisagem;
(iv)ser um exemplo de um tipo de edifício ou conjunto arquitetônico, tecnológico ou de paisagem, que ilustre significativos estágios da história humana.

 

castelos da inglaterra torre de londres9
A Torre Branca é parada obrigatória para o visitante. Hoje funciona como um museu.

 

castelos da inglaterra torre de londres6
Dentro da Torre não deixe de observar os cantinhos e os detalhes da construção para imaginar como era a vida naquela época. Dá até para espiar o banheiro medieval.

 

castelos da inglaterra torre de londres11
Ao lado da Torre, a pracinha, hoje tranquila, era o local das execuções…Caminhe, observe os corvos e contemple a paisagem.
  1. As Jóias da Coroa

O acesso à exibição das Jóias da Coroa está incluso no ticket da Torre de Londres. A coleção real é realmente impressionante e algumas peças são usadas até hoje pela Rainha da Inglaterra. É possível ver a coroa da Rainha Mãe e todos aqueles paranauês usados nas cerimônias de coração dos monarcas. Mas infelizmente não é permitido fotografar.

castelos da inglaterra torre de londres4
Torre que abriga a coleção de jóias, incluindo uma dezena de coroas
  1. Os Edifícios Palacianos

O Palácio Medieval constitui os aposentos reais que foram adicionados à Torre de Londres pelos Reis Henrique III e Eduardo I no século 13. No interior das torres St Thomas’s, Wakefield e Lanthorn foram recriados os aposentos daquela época. É aqui a Torre de Londres ganha ares de castelo medieval. Acredita-se que era nesta parte da construção que alguns monarcas se hospedavam quando visitavam a fortificação. Reuniões de negócios também eram conduzidas nestes aposentos.

castelos da inglaterra torre de londres12
Ambientes medievais são recriados no interior dos edifícios palacianos
  1. Réplicas dos instrumentos de tortura

Está é uma das primeiras atrações logo que você atravessa a entrada principal, situada abaixo da Wakefield Tower, a exibição das réplicas dos instrumentos de tortura medievais com explicações detalhadas do seu funcionamento dá o tom à visita nos fazendo lembrar do passado sombrio deste lugar. Tempos difíceis aqueles….

castelos da inglaterra torre de londres5
As réplicas já dispensam explicações, mas ao lado de cada um dos instrumentos você encontra descrições sobre como eram utilizados. #triste

IMG_1050

  1. Memorial na Tower Green

Próximo a Torre Branca está a Tower Green ou Torre Verde. Na realidade não se trata de uma torre, não nos dias de hoje, mas sim uma pequena praça na qual foi erguida um memorial por ordem da Rainha Victoria. Acredita-se que foi naquele local que os nobres e as rainhas foram decapitados.

Escavações do século 19 revelaram restos de uma construção neste local e acredita-se que foi ali que estas pessoas foram executadas. Ser decapitado na Tower Green era considerado um privilégio concedido a poucas pessoas para poupar-lhes da vergonha das execuções públicas, mas o Rei também usava este sítio para executar pessoas com muita popularidade e assim evitar muita exposição. As Rainhas Ana Bolena, Catherine Howard e Lady Jane Grey teriam sido decapitadas na Tower Green.

castelos da inglaterra torre de londres8
Escultura em memória das vidas sacrificadas.
  1. Muralhas com vista para o Tâmisa e a Tower Bridge

Uma caminhada despretensiosa pelas muralhas que circundam o complexo medieval rende belíssimas fotos do Rio Tâmisa e da Tower Bridge, especialmente as muralhas ao sul, próximas aos edifícios palacianos. Dependendo do ângulo parece que a foto foi tirada na idade medieval! No mapa da atração, procure pelo Wall Walk!

 

castelos da inglaterra torre de londres13
Visual incrível da Tower Bridge a partir de um dos trechos do Wall Walk – caminhada sobre as muralhas.

 

Mapa da Torre de Londres
Mapa da Torre de Londres. Disponível em: http://www.hrp.org.uk/tower-of-london

 


Para encaixar a Torre de Londres no seu roteiro, consulte o roteiro completo ( e frenético ) de um dia que fizemos:  City tour em Londres: uma viagem ao passado em um dia

Você também poderá se interessar por este casteloCastelos da Inglaterra: conhecendo o adorável Castelo de Leeds  ou por outros patrimônios mundiais que visitamos: a cidade velha de Edimburgo: A macabra Edimburgo, capital da Escócia: a cidade mais mal assombrada da Europa  ou o Berço da Humanidade, na África do Sul.


14117850_1282467405121244_2786459464746009991_n

Nosso blog faz parte do grupo Pequenos Grandes Viajantes e nós escrevemos este artigo para a blogagem coletiva sobre os Patrimônios da Unesco! Para ler os demais artigos que os blogs participantes escreveram sobre este tema, visite também os links a seguir:
Destinos por onde andei…Salvador, Patrimônio Mundial da Unesco
Mochilão BaratoMissões Jesuítas no Paraguai
Projeto 101 PaísesPersépolis: a joia preciosa do Irã
Viviendo en el México MágicoMéxico e a UNESCO!
Tá indo pra onde?Patrimônios da UNESCO na Alemanha

32 comentários em “Castelos da Inglaterra: a história da sombria Torre de Londres ( o melhor passeio da cidade)

  1. Muito legal e completo o seu post, parabéns! Sou facinada por estas visitas medievais!
    Há muito tempo (mesmo!) fui na Tower Bridge e não lembrada que tinha esta.
    Preciso voltar para Londres!!!

    Curtir

  2. Muita gente vai a Londres para ver o Big Ben, ver a troca de guarda, mas não imagina que a melhor atração da cidade é a incrível Torre de Londres! Moro em Londres e quanto mais visito as atrações, mais tenho certeza de que a Torre de Londres é “A” atração imperdível. O post está super detalhado e cheio de histórias da Torre! Adorei, muito bem escrito! 🙂

    Curtido por 1 pessoa

  3. Nossa, que legal! Adorei o post!
    Ainda não fui a Londres, mas vou incluir as torres no roteiro quando for. Adoro historias de terror… rsrsrs
    Abraços

    Curtir

  4. Ainda não conheço Londres, mas quando eu for, e claro que irei, esse será um dos meus primeiros programas na cidade. Lindo post!

    Curtir

  5. Que post muito bem escrito. Parabéns. Eu visitei Londres, tirei fotos somente por foto, mas não entrei. Ler esse post me fez arrepender-me de minha escolha, DEVERIA TER ENTRADO. Acredito que será um bom motivo para eu retornar a Londres e conhecer por lá. kkkkk . Adorei saber um pouco da história que também me apaixona muito.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s