O que vale a pena fazer em Foz do Iguaçu ( e o que não vale tanto…)

No nosso imaginário uma viagem até Foz do Iguaçu se resumia a uma ida à cachoeira. Tá certo que não é qualquer cachoeira – são as mais belas e abundantes cachoeiras da América Latina e do nosso Brasil. Mesmo assim, sempre fiquei me perguntando se haveria coisas legais e suficientes para compensar uma viagem até lá e ficava na dúvida sobre se valeria a pena, se um final de semana seria suficiente, enfim…Topamos uma parceria com Hotel Best Western Tarobá e com a agência Combo Iguassu, fizemos as malas e partimos sem muitas expectativas para quatro dias em Foz do Iguaçu e o que encontramos lá, jamais nenhuma fotografia irá revelar. Nesse post iremos listar algumas coisas que fizemos e recomendamos em Foz do Iguaçu.

O que vale a pena fazer em Foz do Iguaçu?

  • Cataratas Brasileiras e Argentinas
Paisagem vista a partir do mirante do parque brasileiro

Antes de montar o seu roteiro, saiba que para ver as Cataratas do Iguaçu serão necessários pelo menos dois dias de sua viagem. Isso porque essa maravilha da natureza fica na fronteira entre Brasil e Argentina e para conhece-la  por completo você precisa visitar os dois parques: do lado brasileiro, o Parque Nacional de Iguaçu na cidade de Foz; e do lado argentino, o Parque Nacional Iguazú na cidade de Puerto Iguazú. Embora ambos os parques florestais girem em torno das mesmas cataratas, são parques totalmente distintos e que valem a visita. E pasme você, na batalha pelas Cataratas do Iguaçu, nossos hermanos vencem sem sombra de dúvida!

Mas uma visita a Foz do Iguaçu vai além das Cataratas, acredite…

Paisagem de um dos mirantes do parque argentino
Paisagem de um dos mirantes do parque argentino

Quantos dias em cada parque?

Bom, aí depende muito…Depende do seu tempo, da sua disposição e do que você deseja fazer. Sendo assim, esse tempo pode variar bastante.

Se do lado brasileiro, você pode curtir o parque em meio dia ou durante o dia inteiro, o mesmo já não se aplica ao lado argentino. Do outro lado da fronteira, para curtir o parque é preciso pelo menos um dia inteiro. Adicione mais um dia se quiser sair do comum e curtir passeios de barco, por exemplo.

  • City Tour
img_1802_1
Marco das 3 Fronteiras

A cidade de Foz é bem maior do que imaginamos e possui excelente infraestrutura. Reserve um dia para conhece-la. Nós fizemos o city tour com a Combo Iguassu. O passeio acabou sendo privativo (talvez porque nenhum outro grupo estivesse reservado naquele horário) e o motorista, muito atencioso, explicou com detalhes  a história da cidade.

O passeio inclui a visita a uma das mesquitas islâmicas da cidade, que hoje abriga a segunda maior comunidade muçulmana da América Latina. Sério, você sabia disso?  Viajando e aprendendo….

Outra parada do city tour é o Marco das 3 Fronteiras, local onde é possível avistar as fronteiras do Brasil, Argentina e Paraguai, e o ponto de encontro das águas dos rios Iguaçu e Paraná.  Na tríplice fronteira, cada cidade – Foz do Iguaçu, Puerto Iguazú e Ciudad del Este – ergueram obeliscos com as cores das suas bandeiras. Nos lados brasileiro e argentino as cidades também investiram em infraestrutura turística para o visitante.

No Brasil por exemplo, a mesma empresa que administra o parque das cataratas agora administra o centro de visitantes do Marco das 3 Fronteiras. Por isso, para acessar o mirante é necessário pagar a taxa de 15,00 reais.  Recomendo ir em um dia com tempo bom ou no entardecer. O complexo turístico ainda está em construção, então hoje o que você vai encontrar lá, além do mirante e do obelisco brasileiro, é uma lojinha de souvenires e um restaurante – o Boteco Cabeza de Vaca.

#dica: o marco das três fronteiras definitivamente não vale a pena com o tempo ruim. Para tornar esta visita interessante, opte por almoçar ou fazer um lanche no final da tarde por lá.  Do contrário fica sem sal…

img_1748_1
Templo Budista
Templo Budista

Finalmente, a parte mais interessante do city tour é a visita ao Templo Budista Chen Tien de Foz de Iguaçu. Eu nunca tinha visitado um e gostei muito do que vi. O local é lindo e transmite uma paz revigorante. Nos jardins do templo, com vista panorâmica para Ciudad del Este, existem dezenas de esculturas de buda e seus guardiões, cada uma com um significado. A parte térrea do templo é aberta à visitação e se quiseres pode acender uma vela e fazer um pedido. Dentro do templo, não é permitido fotografar. Visite sem pressa e sinta a energia incrível desse lugar!

img_1773_1
Um das estátuas de Buda

 

  • Parque das Aves

O Parque das Aves fica a uma curta caminhada do Parque das Cataratas, razão pela qual muita gente conjuga os dois passeios em um mesmo dia. Mas lembre-se: se você quiser aproveitar com calma as cataratas e fazer o passeio de barco – Macuco Safári, o dia pode ficar um tanto corrido.

À primeira vista a gente pensa que o Parque das Aves é apenas mais um zoológico, especializado, por assim dizer. Mas após visitá-lo, eu diria que o Parque das Aves é um santuário, um local único onde podemos observar e aprender sobre as mais belas aves do mundo! O parque possui 16 hectares de floresta plantada e foi inaugurado em 1994 por um casal apaixonado por aves. Hoje é o maior parque de aves da América Latina! Não apenas o maior, mas é nele que fica o maior viveiro de araras do nosso continente. Pense em muitas araras, pense em qualquer tipo de arara vivendo em um enorme viveiro, e agora pense em você caminhando neste viveiro se esquivando dos rasantes que elas dão enquanto voam para lá e para cá. O Parque das Aves é um lugar que nos desperta a consciência de como o mundo poderia ser mágico se o ser humano soubesse respeitar e conviver com a natureza ao seu redor!

Vale destacar que cerca de metade das aves que vivem no Parque foram resgatadas de maus tratos ou comércio ilegal, na maioria das vezes recuperadas pela Polícia Federal e o IBAMA. O parque é atualmente uma unidade de pesquisa e conservação com vários projetos bacanas de reintrodução de espécies como araras, tucanos…

Arara
Parque das Aves
Trilha no parque das aves
As trilhas que percorrem o Parque das Aves
Dentro do viveiro com as araras
Dentro do viveiro com as araras
img_20160821_112724_1
Hummm….não lembro que serumaninhos são esses…

#dica: o passeio pelo Parque das Aves se dá por meio de uma trilha. Quando esta trilha acabar você vai se deparar com uma fila para tirar foto com as araras ( coitadinhas ). Se fizer questão desse momento, planeje a sua caminhada para terminar antes do meio dia, pois eles encerram a fila um pouco antes do almoço das aves. Convém se informar sobre os horários das paradas.

  • Complexo Turístico de Itaipu

 

A usina hidrelétrica de Itaipu é um dos principais atrativos de Foz. Localizada na fronteira entre Brasil e o Paraguai, aquela que já foi a maior usina hidrelétrica em tamanho do mundo chegou a ser também uma das candidatas às Sete Maravilhas do Mundo Moderno. Hoje Itaipu tem um complexo turístico e é possível visita-la de diferentes formas e gastando facilmente um dia inteiro conhecendo seu complexo faraônico. A engenharia por trás de Itaipu é de deixar cair o queixo.

No centro de recepção de visitantes, há cerca de 15 minutos (de carro) do centro de Foz do Iguaçu, você pode decidir qual passeio fazer ou, se preferir, pode adquiri-los pela internet mesmo. No site você pode planejar e agendar todos os seus passeios em Itaipu respeitando os horários e a duração dos mesmos.

A estrutura turística de Itaipu nos surpreendeu bastante quer seja pelas possibilidades que oferece, quer seja pela infra que eles desenvolveram! Atualmente o complexo de Itaipu oferece oito possibilidades de passeios guiados incluindo visitações completas às áreas internas e externas da usina; visitas panorâmicas que te conduzem pelo topo das barragens com paradas em alguns dos mirantes do complexo; passeio de barco pela represa da usina – o Lago artificial de Itaipu; dentre outras opções. Aliás percorrendo a cidade de Foz você notará muitas placas para as praias artificias. Estas praias foram formadas pelo Lago de Itaipu e são bastante populares na região.

Nós acabamos escolhendo o passeio pelo Refúgio Biológico Bela Vista, um dos refúgios biológicos abertos para visitação guiada. Estes refúgios são unidades de conservação para onde foram levados os animais resgatados na época da inundação.

Itaipu

trilhas
Trilhas do tour no Refúgio Biológico
Lago
Parada no Portinho, na beira do lago…

A construção da usina de Itaipu trouxe inúmeros impactos ambientais e sociais, como a desapropriação de centenas moradias, inundação de terras produtivas, devastação de florestas nativas e por consequência a destruição do habitat de outras centenas de espécies da fauna local.

O passeio pelo Refúgio Biológico é uma oportunidade para conhecer os projetos de sustentabilidade e de redução dos danos ambientais provocados pela hidrelétrica. Além de percorrer  trilhas ( com o guia), visitar uma porção do lago de Itaipu e os animais que vivem na Reserva – alguns resgatados e impossibilitados de retornarem à natureza – a gente tem uma verdadeira aula sobre consciência ambiental e sobre a história da hidrelétrica. O passeio dura cerca de 3 horas e acaba de forma muito bonita, com cada visitante plantando uma árvore para o projeto de reflorestamento. As crianças que estavam no nosso grupo parecem ter adorado!!!

Onça
Última parada da caminhada ecológica é na toca da onça

Ao final do nosso passeio lamentei não ter conhecido mais da hidrelétrica. Certamente quando voltar a Foz irei fazer o tour panorâmico e o passeio de barco no final da tarde! O blog Mineiros na Estrada fez um relato bem completo sobre Itaipu. Recomendo a leitura!  Outros blogs que também contam como é a visita:  D&D Mundo Afora e Na Dúvida Embarque!

#dica: faça o refúgio biológico se estiver com seus filhos ou se for um obcecado por natureza (como eu!), do contrário este pode não ser o melhor tour para você! 

  • Complexo Dreamland – Museu de Cera e Vale dos Dinossauros

Hesitei um pouco antes de inserir este tópico, mas ok, vamos falar sobre esses parques…Assim como na Serra Gaúcha, em Foz também tem um Museu de Cera da Dreamland, onde você vai encontrar as personalidades do cinema, da música e do esporte em suas versões de cera, supostamente em tamanho real, além de personagens de filmes e desenhos.

Se você já foi em algum museu Madame Tussauds, certamente irá se decepcionar. Honestamente o Dreamland ainda precisa melhorar muuuiiiitoooo a qualidade dos seus bonecos. Alguns nem de longe e fazendo muita força, se parecem com a pessoa real. A exceção fica mesmo por conta dos personagens não humanos, estes sim muito bem feitos.

Neymar
Suposto Neymar no Museu de Cera
smeagol
Os personagens não humanos são de fato, muito bem feitos.

Do ladinho do museu de cera, está o parque Vale dos Dinossauros. O parque de Foz é bem pequeno, mas a ambientação é bacana e os os dinossauros animatrônicos valeriam a visita, se o ingresso fosse um pouco mais barato. Então passe lá se você gostar muito do tema jurássico ( eu adoro!) ou se estiver com crianças, pois elas também irão adorar!

img_1811_1

img_1842_1
Dinossauros do Parque dos Dinossauros impressionam as crianças

#dica: no mesmo complexo, no andar de cima do museu de cera, fica a exibição Maravilhas do Mundo, cujo ingresso é cobrado a parte. Sinceramente, não vale a pena….Trata-se de uma exibição sem sal de maquetes de templos e monumentos famosos de todo o mundo #prontofalei.

 

  • Compras na Argentina e no Paraguai

Estando na tríplice fronteira é difícil resistir a uma visita aos países vizinhos. Pela cidade existem tours tanto para o Paraguai como para a Argentina.

Os tours  de muambas   de compras no Paraguai dispensam comentários, mas geralmente saem bem cedo dos hotéis. Nós fizemos o tour na Argentina, que não é exatamente um tour de compras. Do lado Argentino a boa é a feirinha da cidade de Puerto Iguazú, especializada na venda de algumas iguarias como queijos, salames, azeitonas, empanas, alfajores e doces de leite argentinos.  A feirinha funciona até tarde! Ainda em Puerto Iguazú vale chegar antes que o comércio local feche, pois há inúmeras lojinhas que vendem as mais variadas tranqueiras, mas também roupas de inverno, sapatos e algumas outras coisas interessantes, porém nada muito barato.  Mas se comprar não for a sua praia, não perca os bares e restaurantes locais, alguns bens descolados. Nós optamos por comer em uma birosca na feirinha  e acabamos comendo uma das melhores carnes das nossas vidas: um petisco de bifinho de chorizo maravilhoso!!!!!

E claro não poderíamos deixar de mencionar a visita ao maior Duty Free do mundo que fica em Puerto Iguazú! Um mini shopping com tudo o que a gente quer ver em um Duty Free e com um preço que a gente não quer pagar….Bom, ainda assim vale a pena visitar e garimpar! Sempre tem algo que vale a pena!

 


Leia mais sobre Foz do Iguaçu:  Onde ficar em Foz do Iguaçu: Best Western Tarobá

 


Dicas Úteis

Dinheiro

Como você irá circular pelo menos pela Argentina é interessante levar pesos, apesar do real ser aceito no Duty Free, na feira e nas lojas de Puerto Iguazú. No passeio até as Cataratas Argentinas o tour da Combo Iguassu para em uma Casa de Câmbio para facilitar.

Roaming Internacional

Em Foz do Iguaçu o sinal de celular é muito ruim. Pelo que nos disseram a operadora com melhor sinal por lá é a Vivo. Fique ligado e desabilite o roaming pois o seu celular vai entrar frequentemente na área do Paraguai e da Argentina sem que você perceba, gerando gastos desnecessários.

Passeios

O passeio pelas cataratas vale a pena faça chuva ou faça sol, acredite! Mas independente disso quando visitar os parques prepare-se para se molhar, mesmo! Leve uma capa de chuva ou uma mudinha de roupa para trocar, principalmente se fizer os passeios de barcos.

O blog Asas para que te quero viajou por meio de uma parceria com o hotel Best Western Tarobá e a agência Combo Iguassu. No entanto tudo o que você lê aqui representa a nossa genuína opinião.

22 comentários em “O que vale a pena fazer em Foz do Iguaçu ( e o que não vale tanto…)

  1. Olá, vi pelas fotos que voces pegaram chuva. Estou pensando em ir em outubro, mas li que é uma época de chuva. Será que vale a pena?

    Curtir

    1. Rosangela, nós pegamos chuvas torrenciais em Foz do Iguaçu no final do primeiro dia e no segundo. Mas em todo passeio ao ar livre precisamos lidar com a imprevisibilidade do tempo. O que nós sempre fazemos é tentar viajar com um ou dois dias a mais para poder adiar um passeio ou outro em caso de chuva, nebulosidade e etc.
      Não deixe de ir em outubro por isso, até porque, mesmo com chuva leve você irá se encantar com o Parque das Cataratas. Nós inclusive fizemos o passeio de barco – macuco safári – sob chuva leve! Adoramos!

      Curtir

      1. Boa noite, Carla

        Fui convidada por uma amiga a visitarmos Foz com o intuito de realizar compras, já que a mesma é sacoleira. Eu não encontrei muitas dicas de lugares que não fossem Paraguai e Argentina. Saberia me dizer dizer se em Foz tem Centro de Compras, shoppings populares?
        Obrigada.

        Curtir

  2. Confesso que nunca visitei Foz e sempre achei que não tinha muito o que fazer além das Cataratas! Legal saber que tem outros passeios que valem a pena e já aprender do que se deve fugir haha

    Curtir

  3. Eu costumo dizer que todos os brasileiros deveriam visitar as Cataratas pelo menos uma vez na vida, acho muito incrível! O lado argentino sem duvidas é muito mais bonito! Só aquela vista da Garganta do Diabo já vale a visita! Foz tem muita coisa pra ver, é uma cidade muito legal mesmo! Não é à toa que já estive 5 vezes por lá e voltarei, com toda certeza! Ainda não fui nesse museu de cera, parece ser bem legal mesmo! Parabéns pelo post! Abraço!

    Curtir

  4. Ola
    Recentemente também conheci a cidade de Foz do Iguaçu e fiz quase todos os passeios citados. Que pena que conheceu o templo budista com chuva, é tão lindo em dia ensolarado.
    Gostei muito do seu post.
    Foz é um destinos no Brasil que todos deveriam conhecer. Eu amei.
    Beijos
    Thais

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s