Parque Nacional de Jasper : dirigindo pela Maligne Road e navegando até a Spirit Island

Parque Nacional de Jasper : dirigindo pela Maligne Road e navegando até a Spirit Island

Pertinho da minúscula e pitoresca Jasper está a Maligne Road. A estrada cênica conecta alguns dos principais atrativos do Parque Nacional de Jasper e nós estávamos ansiosos por conhecê-la.

Nosso roteiro para um clássico dia no Parque Nacional de Jasper incluiu ( mapinha no final do post!!):

  • Maligne Lake
  • Medicine Lake
  • Maligne Canyon

Todos esses atrativos estão localizados ao longo da Maligne Road, uma cênica e perfeita rodovia que atravessa florestas de pinheiros, revelando imagens memoráveis e exclusivas das montanhas rochosas. Esse trajeto culmina no belíssimo Maligne Lake. Foi para lá que  dirigimos em nosso segundo dia em Jasper.

Apesar de toda a tentação de fazer paradas pelo caminho, seguimos direto para o lago Maligne, pois havíamos comprado um combo com a Brewster logo cedo no centrinho de Jasper. O combo incluía um maravilhoso cruzeiro pelo lago. Soa bacana, não?

Nós compramos o Jasper Ultimate Explorer Combo Package e valeu o custo x benefício.  Nele, estavam inclusos os dois passeios na Columbia Icefields que faríamos no dia seguinte: o Ice Explorer e o Glaciar Skywalk. Além do ticket para o passeio na Gondola de Banff para onde iríamos após deixar Jasper. No entanto, avalie a previsão do tempo antes de incluir essa gondola no seu combo, uma vez que esse passeio é fortemente dependente das condições climáticas.

O cruzeiro teve que ser agendado ainda na agência e o primeiro horário disponível era por volta das 10h30. Logo, não tínhamos muito tempo a perder.

Dirigindo pela Maligne Road

Maligne Road
Maligne Road

Saindo da minúscula Jasper, é necessário atravessar uma ponte sobre o Rio Athabasca. A partir dali, as placas te levam para a Maligne Road, à esquerda da ponte.

Ao longo dos quase 50 km de estrada, dirigimos por cenários incríveis. Passamos por corredeiras de cinema, vimos veadinhos e nos sentimos como minúsculos detalhes naquela paisagem dominada por montanhas esculpidas com perfeição pela natureza.

Maligne Road
Maligne Road

O asfalto da Maligne Road é perfeito. A estrada é pouco sinuosa e há apenas duas faixas de rolamento em quase toda a sua extensão. Ao longo do caminho, há recuos onde você pode encostar o carro para apreciar a vista, e até mesmo alguns pontos com mesinhas para piquenique.

Dizem que se você pegar a estrada bem cedinho ou no final da tarde suas chances de observar vida selvagem aumentam significativamente. #ficaadica.

Maligne Road
Maligne Road

Pontos de Interesse na Maligne Road

O primeiro ponto de interesse desta estrada é o cânion Maligne. Em nosso roteiro, o deixamos para o final.

O cânion Maligne é muito bem sinalizado e possui estacionamento. Para apreciar o cânion e as corredeiras que o atravessam, você deve fazer ao menos uma das trilhas que o permeiam. Essas trilhas não são selvagens. Logo na entrada há um mapa com as trilhas disponíveis. No circuito de trilhas, você irá caminhar sobre decks,  pontes e algumas escadas.

Este é um lugar bastante popular de modo que havia muita gente caminhando por ali. Levamos quase uma hora para concluir o circuito que escolhemos, e considerando as múltiplas paradas para fotos, podemos concluir que foi uma caminhada bem tranquila e relativamente curta.

Maligne Canyon
Maligne Canyon
Trilhas no Maligne Canyon
Trilhas no Maligne Canyon

O Lago Medicine vem na sequência. A Maligne Road margeia esse lago que consideramos um tanto dramático. Na real, durante o outono, o lago parecia uma gigantesca poça seca.

Na realidade o que ocorre é que esse lago seca no final do verão.  Dizem que há um sistema de cavernas abaixo do lago e que toda a água é naturalmente drenada pelo solo que segue o seu curso subterrâneo até o Canyon Maligne. Na primavera e no início do verão, o degelo das montanhas gera um volume de água maior que a capacidade de drenagem do solo desse pseudolago, formando a enorme poça.

Medicine Lake
Medicine Lake
Medicine Lake
Medicine Lake

Finalmente, após dirigir por cerca de uma hora sem as paradas acima, chegamos no Lago Maligne.

Deixamos o carro no estacionamento, próximo ao centro de visitantes e fizemos curtas caminhadas na beira do lago enquanto aguardávamos pelo nosso barco. Tinha muita gente naquele lugar e algumas filas se formavam no pequeno cais. No entanto, nosso barco saiu pontualmente.

centro de visitantes
O centro de visitantes tem café, restaurante e lojinha de souvenirs

Confesso que à primeira vista, o Lago Maligne não me pareceu nada demais. Ele é considerado o maior lago natural – formado por degelo – nas rochosas canadenses e também o segundo maior do mundo com essa característica. Mas na verdade não dá para ter a dimensão real do seu tamanho sem fazer o passeio de barco. Tampouco  dá para ver  as montanhas e todos os glaciais no seu entorno.

Lago Maligne
Lago Maligne

Quem não quiser dedicar mais de uma hora ao cruzeiro pode até alugar canoas, fazer trilhas ou ficar por ali mesmo no restaurante e café do centro de visitantes. Mas…… eu recomendo fortemente o cruzeiro já que é a única forma de chegar até a Spirit Island – a cereja do bolo.

É claro que para você, atleta e remador, é perfeitamente possível chegar na ilha com uma canoa também.

O cruzeiro até a Spirit Island – um dos lugares mais belos das montanhas rochosas canadenses

Spirit Island
Spirit Island é a cereja do bolo

O confortável e seguro passeio de barco dura um hora e meia.  Aquecido também um atributo importante aqui. A embarcação, graças a Deus, é fechadinha e nos protege contra os ventos glaciais.

Durante o percurso, a guia, que era também a capitã, foi explicando sobre a paisagens, os glaciais e a origem do tom super –  ultra –  azul-turquesa, sobretudo no final do lago, nas proximidades da Spirit Island.

Glaciais ao longo do cruzeiro pelo Lago Maligne
Glaciais ao longo do cruzeiro pelo Lago Maligne
A cor da água vai ficando mais incrível na medida em que o barco avança para a ilha
Glaciais ao longo do cruzeiro pelo Lago Maligne
Glaciais ao longo do cruzeiro pelo Lago Maligne

Chegando lá, nós tivemos cerca de 15 a 20 minutos para caminhar pela Spirit Island e contemplar toda aquela beleza. Um lugar perfeito, sereno e inóspito, não fossem os passageiros do barco que ali estavam. Juro, tudo o que eu queria era ficar ali sozinha acampada com meu marido, refletindo sobre o quanto a natureza é incrível!!!

Sensacional, eu resumo, apesar do pouco tempo que nos deram para explorar a Spirit Island. O  lugar mais bonito do Parque Nacional de Jasper! Pelo menos, dentre os que pude conhecer.

Na volta do Maligne Lake, fizemos várias paradas e, antes de deixar a estrada, esticamos as pernas no cânion Maligne.

Esse roteiro pela Maligne Road terminou por volta das 15h.  Saímos de lá direto para um almoço e depois fomos descansar à beira do rio Athabasca. Ou seja, considerando que o sol se põe após as 19h nessa época do ano, ainda dá para fazer um bocado de coisas depois desse roteiro!

Embarcação
A enseada que abriga a Spirit Island
Não é permitido chegar a pé até a ilha...
Não é permitido chegar a pé até a ilha…
A observação é feita na margem do lago ou nos mirantes, acessíveis por trilhas
A observação é feita na margem do lago ou nos mirantes, acessíveis por trilhas
Caminhar para além do óbvio sempre traz boas imagens!

Dicas úteis | O que você precisa sobre o Maligne Lake:


  • Os passeios de barco até a Spirit Island são operados pela Brewster Travel e podem ser adquiridos online ou em qualquer ponto de venda da Brewster. Tem um na rua principal da cidade.
  • Os passeios de barco operam de maio até 02 de outubro.
  • Reconsidere o passeio se o tempo estiver ruim. Chuva e/ou neblina não permitirão visualizar as montanhas e os glaciais.
  • O melhor horário é no final da tarde, pois o lugar fica menos cheio.
  • Pegue um lugar na janela para facilitar na hora das fotos, mas mesmo assim, não deixe de explorar a área ao livre do barco.

Continue lendo sobre esta road trip:


Road trip pelas Rochosas Canadenses: tudo sobre dirigir pela Icefields Parkway

Road Trip | Roteiro de 6 dias nas Montanhas Rochosas Canadenses

Parque Nacional de Banff: dirigindo pela selvagem Bow Valley Parkway

Acesse a categoria Canadá

Acompanhe as postagens e as fotos dessa viagem nas redes sociais:


=> Curta nossa página no Facebook!

=> Siga nosso novo perfil no Instagram para ver mais fotos!

Planeje a viagem ( usamos e recomendamos):


=>Recomendamos o hotel Mount Robson Inn. Reserve pelo booking.com

=>Reserve seu carro em até 12x sem juros e sem IOF com a Rentcars.com

=>Viagem seguro com a Mondial Travel e aproveite o cupom com 15% de desconto


Um comentário sobre “Parque Nacional de Jasper : dirigindo pela Maligne Road e navegando até a Spirit Island

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s